Astrônomos descobrem ondas de rádio geradas por um exoplaneta

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Não somente as estrelas emanam ondas de rádio, como também planetas o fazem.
Astrônomos de três universidades registraram explosões de rádios de um gigante
gasoso, e o ineditismo do trabalho vem do fato de o planeta estar a cerca de 50
anos-luz da Terra. É a primeira vez que emissões de rádio planetárias são
capturadas além do nosso Sistema Solar.

 

Tau Boötis b é um exoplaneta orbitando a estrela principal do sistema binário
Tau Boötis, na constelação de Boötes. Ele é um planeta gigante (pelo menos
quatro vezes maior do que Júpiter) e gira em torno de sua estrela no que é
chamado de “órbita de tocha” — quando a distância entre os dois é menor do que
um sétimo da que separa Mercúrio do Sol (por isso, além de altas
temperaturas,,especula-se que ele seja um gigante gasoso). Originalmente,
chegou-se a pensar que Tau Boötis fosse uma anã marrom.

Para captar as ondas de rádio, a equipe liderada pelo astrônomo Jake D. Turner, da
Universidade Cornell, usou o radiotelescópio holandês Low Frequency Array (LOFAR).
Em 2018, os astrônomos começaram a investigar as emissões de rádio geradas por Júpiter
e extrapolaram os valores para emular as de um gigante gasoso fora do Sistema Solar. Os
resultados se tornaram um modelo para, varrendo o cosmos em uma distância entre 40 e
100 anos-luz, detectar exoplanetas.

Outras assinaturas

“Aprendemos com nosso próprio Júpiter como é esse tipo de detecção. Fomos procurar
por outro e o encontramos”, disse Turner. Foram necessárias 100 horas de análises
de observações de rádio para identificar a assinatura de Tau Boötes. Outros
exoplanetas conhecidos também foram investigados como possíveis fontes de rádio,
como os sistemas 55 Cancri, na constelação de Câncer, e Upsilon Andromedae, na
constelação de Andrômeda, com duas estrelas e quatro exoplanetas.

Impressão artística do planeta 55 Cancri.

Fonte: ESA/Hubble/ M. Kornmesser 

Mais Posts

Blog

Como se preparar para os desafios de 2021?

Todo final de ano é a mesma coisa: olhamos para as dificuldades dos meses que já passaram e pensamos nos desafios daqueles que ainda estão

Preencha o formulário e ligaremos para você o mais breve possível.